Blog

Blog

Dispensação de Medicamentos para Fins Diversos da Indicação

25/08/2016

 

Vamos fazer uma pausa para o café ☕ e conversar um pouco sobre a aplicação do Código de Ética Farmacêutica? Já pegou seu café? ☕

 

Fornecer, dispensar ou permitir que sejam dispensados, sob qualquer forma, substância, medicamento ou fármaco para uso diverso da indicação para a qual foi licenciado, salvo quando baseado em evidência ou mediante entendimento formal com o prescritor” – Código de Ética Farmacêutica, Resolução CFF 596/14, Art. 14, Inciso XXIII – Proibições ao Farmacêutico.

 

Que todos os medicamentos possuem registro na Anvisa, você já sabe. Que todo medicamento possui bula, você também já sabe? Cada medicamento ao ser registrado junto a Anvisa, para a obtenção de seu Registro no Ministério da Saúde (RMS), deve cumprir com diversas exigências. Uma das informações obrigatórias é a declaração (comprovada) das indicações terapêuticas. I.e., em que casos o medicamento pode ser indicado.

 

Por mais simples que isso possa parecer, não é raro atendermos clientes na Farmácia ou drogaria que fazem um uso não convencional de um dado medicamento. E não é só questão de usar de forma inadequada. Usam para uma finalidade que não tem real indicação na terapêutica. Eu mesma já atendi clientes que queriam tetraciclina para dor de cabeça, vitamina C para febre, certos antidiabéticos para emagrecimento... É nesses casos que se aplica o artigo que estamos comentando hoje, do nosso Código de Ética.

 

É nosso papel orientar o paciente quanto ao uso e aos riscos associados da utilização indevida de medicamentos. Sei que não é tarefa fácil. Alguns dizem “faço uso desde pequena e nunca tive problemas”, e você tem que encontrar uma maneira para que a pessoa compreenda. Em alguns casos é ‘jogar dinheiro fora’ (é a argumentação que geralmente entendem mais facilmente), mas em muitos casos além de mascarar determinado sintoma, podem trazer sequelas...

 

🚩Ah! E se for com prescrição médica ou de outro profissional?

👉 Não é porque está prescrito que você deve acatar simplesmente. Se você identificou que “algo” está errado, é seu papel entrar em contato com o prescritor. Lembre-se, informe ao seu cliente porque precisará entrar em contato com o prescritor. Já vimos em posts anteriores algumas técnicas para isso. Lembra?

 

🚩 E se não for possível entrar em contato com o prescritor?

👉 Nesse caso você tem amparo jurídico. Você não deve dispensar algo quando identificar que o medicamento não é indicado para o caso específico. Sempre respaldado, certo? Além de ter a norma que te permite não dispensar neste caso, você necessita do conhecimento técnico para ter certeza sobre o uso, tanto o que consta no RMS, como em evidências clínicas.

 

🎯 Uma dúvida recorrente em meus cursos:

🚩 Dentista pode prescrever fluoxetina? O paciente disse que é para tratamento de dor... O que eu faço?

👉 Se você for pesquisar pela bula, para saber a finalidade de registro do medicamento, a maioria das Fluoxetinas indicará como antidepressivo, tratamento da bulimia nervosa, TOC, transtorno disfórico pré-menstrual, TPM, irritabilidade... Nada relacionados com a odontologia, certo? Uhm...

Mas... Se você pesquisar rapidamente, mesmo no nosso amigo Google Acadêmico, encontrará uma séeeerie de artigos com o uso da Fluoxetina no tratamento da dor do Trigêmeo, por exemplo. Então, se os demais campos do receituário estiverem corretos, atende aos requisitos para dispensação.

 

🚩Mas como eu vou saber se é ‘realmente’ para o tratamento do trigêmeo? Se não foi “um amigo que arrumou a receita”?

👉 Se houver dúvida, entre em contato com o prescritor. Tenha em mente 3 pontos que sempre falo nos meus treinamentos:

  1. Você não é juiz, policial ou detetive investigativo. Então não levante suspeita ou acuse sem provas. Desconfiou, entre em contato com o prescritor.

  2. Não fique paranoico! Não é toda receita que está errada. Não é “deixar passar”, mas dar a atenção NECESSÁRIA.

  3. Você tem que tomar as medidas necessárias para evitar a dispensação indevida, com FUNDAMENTAÇÃO JURÍDICA E TÉCNICA.

 

Da mesma forma, sua equipe deve receber esta orientação, preferencialmente com treinamentos e a sua supervisão.

 

Espero que tenha gostado! 😉

Deixe seus COMENTÁRIOS neste post!


Você também pode deixar seus COMENTÁRIOS neste post!

 

Pausa para o café ☕, vamos falar de Ética! Este é o nosso encontro toda quinta-feira as 17h na Fanpage. Neste encontro conversaremos sobre pontos importantes para a atuação Ética do profissional Farmacêutico. Minha missão aqui é descomplicar o entendimento das normas profissionais e lembrar aqueles pontos que muuuitas vezes esquecemos no dia a dia.

 

Boooa tarde! Agora... vamos voltar ao trabalho 😉  


Abraços,

Isabel Schittini

 

 

 

Please reload

"Minha missão é descomplicar sua atuação como Farmacêutico em Farmácias e Drogarias."

Isabel Schittini

Novidades
Please reload

Você já faz parte?

Faça parte da minha Lista e receba Gratuitamente conteúdos, agenda de cursos, eventos e muito mais para descomplicar Sua atuação em Farmácias e Drogarias
CADASTRE-SE AQUI :
Seu e-mail está seguro. 100% Livre de spam
Posts Relacionados
Please reload

Minha missão é descomplicar sua atuação como Farmacêutico em Farmácias e Drogarias

FARMACÊUTICA

Consultora e Palestrante

CRF 6.889/RJ

isabel-schittini-4-farma-curso-consultoria-farmaceutica

HOME

SERVIÇOS

FAQ

CONTATO

TOPO

CNPJ 26.127.387/0001-35

Rio de Janeiro, Brasil 

55 (21) 99147-4181

© 2016-2019 Feito por Isabel Schittini. Todos os direitos reservados.

Criado orgulhosamente com Wix.com

  • facebook
  • instagram
  • twitter
  • whatsapp
  • linkedin
  • soundcloud