Blog

Blog

Medicamentos Termolábeis: Principais Regras de Armazenagem e os 4 Erros Mais Comuns

05/12/2017

 

🔊 Você trabalha com Medicamentos Termolábeis em sua farmácia ou drogaria? Provavelmente a resposta é SIM.

E você conhece as principais regras de armazenagem para esses medicamentos? Sabe quais são as principais IRREGULARIDADES encontradas em fiscalizações sanitárias em relação a esses produtos?

 

Esse é o tema de nossa 4Farma Class Especial de hoje 😉

Seja muito bem-vindo! O tema de Hoje é: Medicamentos Termolábeis: Principais Regras de Armazenagem e os 4 Erros Mais Comuns

 

Como de costume, sempre registro aqui meu [ AGRADECIMENTO ] a você! 🙏 Sempre! Muito obrigada por curtir e deixar seus comentários aqui nos posts. Isto é muito importante! Assim posso entender se os conteúdos que compartilho gratuitamente com você são relevantes para a sua atuação em farmácias e drogarias. Então, quero te pedir um favor... Depois de ler o post não se esqueça de CURTIR e deixar seus comentários.  Minha missão é descomplicar a sua atuação como Farmacêutico em Farmácias e Drogarias 😉

 

🚩 O que são os Medicamentos Termolábeis?

👉 São medicamentos muito sensíveis à temperatura. Devem ser armazenados sob temperatura controlada, conforme orientações do fabricante. Na própria caixinha e/ou bula do medicamento tem a orientação da temperatura de armazenagem. Em geral, esses medicamentos devem ser armazenados em temperaturas de 2º a 8ºC.

 

📍 Como exemplos de Medicamentos Termolábeis, temos as Insulinas, Xalacon Solução Oftálmica, Xalatan Solução Oftálmica, Foraseq, Arulatan Solução Oftálmica, Miacalcic Spray nasal, e muitos outros.

 

 Nesse post não vou entrar no tema [ VACINAS ]. Porque possuem pontos muuuuito específicos para armazenagem, se é permitido ou não em farmácias e drogarias, etc. Se for permitido em sua região, além das normas locais, lembre-se de consultar o Manual da Rede de Frio da FUNASA para armazenagem.

 

🚩Como deve ser o armazenamento dos Medicamentos Termolábeis?
👉 Eles devem ser armazenados em um refrigerador (que dependendo de sua Vigilância Sanitária local, pode ser um refrigerador específico para rede de frio, ou geladeira, ou frigobar).

 

O que não há discussão é que esta geladeira (vamos generalizar assim para facilitar) é EXCLUSIVA para a guarda de medicamentos. Quando eu digo EXCLUSIVA, quer dizer durante TODOS os horários, seja de loja aberta ou fechada, dias de semana, finais de semana, feriados, etc. Então nada de deixar a garrafinha de água lá, tá!? Ou guardar “rapidinho” a latinha de refrigerante porque entrou um cliente... É... Eu sei que Você não faz isso. E certamente orienta, treina e supervisiona sua equipe para não fazer também. Não é? 😉 

 

A maioria das VISAs pede uma identificação na porta da geladeira, do lado de fora, deixando bem claro que o refrigerador é de uso EXCLUSIVO PARA O ARMAZENAMENTO DE MEDICAMENTOS TERMOLÁBEIS. E que é PROIBIDO ARMAZENAR, MESMO QUE TEMPORARIAMENTE, OUTROS PRODUTOS.

 

📍 Pode copiar e colar! Você pode fazer isso em Word mesmo, ou a mão. Desde que fique claro. Não esqueça de ter as rubricas e identificações dos Farmacêuticos, como em todos os comunicados e controles da Farmácia.

 

🚩Qual a temperatura de armazenagem dos medicamentos termolábeis?

👉 Esses medicamentos devem ser armazenados entre 2º e 8ºC. Existem outros medicamentos sensíveis que possuem temperatura de armazenagem abaixo de 22ºC, 25ºC... E a maioria, que são os armazenados até 30ºC.

 

Os medicamentos que “não são de geladeira” também possuem temperatura adequada para armazenagem, durante o horário de funcionamento da loja, e mesmo com a loja fechada.

 

Aqui no Rio de Janeiro tem alguns fiscais que nas inspeções usam dispositivos próprios para verificação de temperatura ambiente no momento. E, advinha o que acontece quando eles detectam temperaturas maiores do que 30ºC na farmácia?... 😱

 

👉 Voltando a ‘geladeira de medicamentos’, a temperatura deve ser CONTROLADA. E isso deve ser feito sistematicamente.

 

🚩Preciso medir a temperatura da geladeira todo dia? Quantas vezes?

👉 [ PADRÃO ]Medir diariamente, três vezes por dia.

 

🚩Três vezes!!! 😥 Pode ser qualquer horário ou quando eu lembrar?

👉 Sim, 3 vezes. Vamos entender o motivo das 3 medições?

Já tem algum tempinho que as temperaturas devem ser registras com a temperatura mínima, máxima e a do momento. A maioria das VISAs já segue esse padrão. Todas elas devem estar entre 2-8ºC (estamos falando da geladeira de medicamentos). As medições servem para você, como Farmacêutico, poder avaliar se houve alguma oscilação brusca na temperatura de armazenagem que possa comprometer a qualidade dos medicamentos termolábeis.

 

🎯 Para você poder ter uma visão sobre essa possível variação na temperatura, a orientação para os horários de medição são (diariamente!!!):

1ª. Logo na abertura da farmácia 🕖: para avaliar se durante a noite, com a loja fechada (se não for 24h, claro), não houve um pico de energia. Ahhhh! Vou aproveitar para contar um erro muito comum... Hora de ir embora! Todo mundo no desespero para ir para casa, claro. Fecha caixa, encerra SNGPC, assina folha de ponto, liga o alarme e desliga a luz... O que não pode ser desligado? O disjuntor das geladeiras!!! E com que frequência isso ocorre? Como descobrem? Geralmente, nas farmácias que vendem picolé, é o primeiro lugar que descobrem que “faltou luz”. No momento que o gerente ou outro funcionário anuncia: “Ihhhh os picolés derreteram”. Nesse momento, tomado por quase uma arritmia cardíaca 😖 rs, o Farmacêutico corre para a geladeira de medicamentos... Então... O disjuntor das geladeiras deve ser separado dos demais equipamentos e não deve ser desligado ao final do expediente.

 

Se você confere as temperaturas da geladeira – máxima, mínima e momento – logo na abertura da loja, sabe se houve algum problema no fornecimento de energia durante a noite. Seja por falta de luz mesmo ou por terem desligado o disjuntor geral da loja 😉

 

2º Próximo ao meio dia 🕛: geralmente é o horário de maior calor ambiente. Precisa ter atenção neste horário para verificar se o equipamento está adequado, borrachas de vedação em perfeito estado, para que suporte as temperaturas mais altas do dia (que irão influenciar no abrir e fechar do equipamento). 

 

3º Ao final do expediente 🕘: não precisa ser a última coisa que você faz, para não atrapalhar sua saída ou acabar esquecendo. Estabeleça um horário, para todas as medições. Assim fica mais fácil lembrar. Por exemplo, se a farmácia fechar às 22h, você pode anotar a última medição às 21h. Essa medida também é muito importante. E com esta que você irá comparar a primeira medição da manhã seguinte. E assim, poderá avaliar se houve algum problema durante a noite/madrugada ou não.

 

🚩 E aonde eu vou anotar essas temperaturas?
👉 Fácil, fácil... Hoje em dia com um computador e uma impressora você resolve quase tudo... Tá rindo? 😄 
Quando comecei em drogarias, a long long time ago, eu fazia a mão. Pois é...


Bem... Você pode usar o word ou o Excel, o que tiver maior facilidade.

 

🎯 Anote aí o que colocar:

📌No cabeçalho:

📍 Dados da Farmácia (de qual estabelecimento é esse controle), como razão social, CNPJ... Pode ser aquele carimbo de CNPJ da Farmácia, mas ocupa muito espaço 😉

📍 Nome e número de CRF dos Farmacêutico

📍 Mês e ano (a que se refere aquelas medições)

📍 Uma tabela para colocar os campos:

1. Data

2. ManhãSubdivide 4 colunas:

1) Temperatura Mínima

2) Temperatura Máxima

3) Temperatura do Momento

Nota: Não importa a ordem, mas tem que ter as 3 medições

4) Visto (rubrica de quem anotou as temperaturas)

3. Tarde: mesma divisão indicada para manhã

4. Noite: mesma divisão indicada para manhã

5. Farmacêutico (um dos Farmacêuticos deve rubricar ao final/início do dia para atestar supervisão)

 

👉 Recomenda-se deixar a folha (do mês) para controle perto da geladeira. Após fechar o mês, você arquiva por 5 anos, em uma pastinha.

 

🚩Mas a Farmácia não abre aos domingos. O que devo anotar nesses dias?

👉 Você vai identificar que a loja não abre aos domingos. Por exemplo, coloque traços ou escreva simplesmente ‘domingo’, e rubrique no campo do Farmacêutico.

 

🚩Aqui na Farmácia uso um Termo-higrômetro digital para medir a temperatura. A temperatura varia muito mais com esse equipamento do que com o antigo termômetro de mercúrio.

👉Sim, vai variar mais mesmo. Se isso não ocorrer o digital estará com algum defeito, acredite.

Simples, ele é muito mais sensível a variações de temperatura que os termômetros de mercúrio, mesmo aqueles com escala de máximo/mínimo.

 

👉 E você está usando o termômetro digital corretamente?

 

🎯 [ DICA ] que nem parece dica... Leia o manual do equipamento.

Tá... Ninguém gosta de ler manuais 😪, mas nesse caso é muito recomendável. e não esqueça de guardá-lo. Para você entender, vou ilustrar com 3 histórias... E acredite, são reais...

📖 Termo-higrômetro digital com cabo sensor. Conforme informações do fabricante no manual: Posição In = sensor dentro do corpo do equipamento. Posição OUT = sensor na ponta do cabo (ou seja, fora do corpo do equipamento). O que acontecia?... 😒

1) Farmacêutico desesperado porque a temperatura estava igual a do salão de loja. O que aconteceu?!... O termo-higrômetro estava dentro da geladeira e o cabo do lado de fora... Além de poder comprometer o equipamento, estava anotando a temperatura out (do cabo sensor), ou seja, do salão. 😱

2) Farmacêutico reclamando de temperaturas abaixo de 2ºC, já mexeu no termostato e nada... O que aconteceu?!... Mesmo equipamento: cabo sensor dentro da geladeira, mas a ponta (onde fica o sensor) estava no congelador. 😱

A ponteira onde fica o sensor deve ficar, de preferência, na prateleira do meio próximo ao fundo da geladeira. Assim conseguirá medir melhor a temperatura e minimizar erros de leitura ao abrir/fechar a porta, ou erros por estar próximo ao congelador.

3) Última... 😣 Farmacêutico disse que o termômetro digital não funcionava. "Os números estão apagados"... O que aconteceu?!... Mesmo equipamento: Sim, ele funciona a pilha. E, como todo equipamento a pilha, elas devem ser substituídas de tempos em tempos. Sabe o seu controle da TV? Apertar os botões com mais força não adianta, não é? Assim como apertar os botões do termômetro digital. Veja qual é o tipo de pilha ou bateria que seu aparelho precisa 😉

 

Eu teria mais umas 20 histórias de geladeira de medicamentos 😁, mas essas resumem bem o tema “Leia o Manual do seu Termômetro Digital”.

 

Não se esqueça das regras da RDC 44/09!!! 

 

Se sua farmácia ou drogaria trabalha com termolábeis, deve ter os procedimentos específicos para recebimento, conferência, armazenagem, estocagem, controle de temperatura, limpeza e manutenção da geladeira, calibração do termômetro, plano para casos de falta de energia elétrica, etc

 

🚩E a Fiscalização Sanitária? O que eles observam quanto aos termolábeis?

👉 Como prometi...

 

🎯 4 Erros mais comuns identificados em Inspeções Sanitárias:

📌 Medicamentos termolábeis armazenados na porta da geladeira: Porta da geladeira no máximo você pode colocar gelo artificial e só. A variação de temperatura na porta é muito grande, simplesmente pelo movimento de abrir e fechar. Nenhum medicamento deve ser armazenado na porta.

📌 Caixas de isopor com medicamentos no interior da geladeira:

Outra Lenda: “para as insulinas não tombarem na grade da geladeira”. Isso não existe!!!! Primeiro, isopor é um isolante térmico. Mesmo sem a tampa, dificulta a circulação do ar frio e compromete a armazenagem dos medicamentos. Segundo, insulina se guarda deitada na geladeira, e não em pé.

📌 Excesso de gelo no congelador: Não tem uma regra clara de quantos centímetros de gelo pode ter no congelador. O ideal é que tenha o mínimo necessário. Mas deixar o congelador quase “tampado” de tanto gelo... Não vai ter como explicar. Se for trocar o equipamento, prefira um frost free, para evitar esse problema.

📌 Alimentos na geladeira de medicamentos: As desculpas são as mais variadas possíveis:

❌ Para a minha água ficar geladinha.

Estava tomando um refrigerante e a cliente entrou. Coloquei aí rapidinho, só para não esquentar.

Tinha uma promoção de sorvete aqui no mercado e eu não podia perder. Se colocasse na geladeira de funcionários iam comer tudo.

E assim vai...

 

Não pode mesmo!  Nem guardar alimentos em geladeira de medicamentos, nem guardar medicamentos na geladeira de funcionários. Tem fiscal que também olha a geladeira de funcionários...

E ainda teria muito mais para falar sobre armazenagem de termolábeis, mas o post já está gigante...

 

Espero ter ajudado! Gostou da nossa 4Farma Class Especial de hoje?! CLIQUE aqui em baixo em  RECOMENDAR e deixe os seus Comentários 😉. 

 

Você também pode ajudar seus amigos Farmacêuticos. CLIQUE aqui em baixo 👇👇👇👇 para COMPARTILHAR em sua rede social preferida para que eles também vejam esse conteúdo. 

 

E o Convite? Você já aceitou? 😊

Para aliviar a correria do nosso dia a dia, e para que você não perca os conteúdos que disponibilizo gratuitamente, você pode receber diretamente em seu e-mail um alerta sobre novos conteúdos e um Resumão da Semana. 

 

Para receber meus e-mails é só aceitar meu convite 😊 Inscreva-se Agora na Minha Lista VIP de Farmacêuticos. Aproveite para se inscrever Agora. Depois vai acabar esquecendo 😁 É só 👉 CLICAR AQUI

 

Fique tranquilo! Não vou lotar sua caixa de e-mails. Geralmente envio e-mails 1 ou 2 vezes por semana, e não envio Spam.

 

Ahhhh! Assim que se inscrever, dê uma olhadinha em seu e-mail. Logo em seguida te enviarei um e-mail com o assunto "Bem-vindo! Confirme seu Cadastro". Você precisa clicar no botão dentro deste e-mail para confirmar e ativar o seu cadastro. É como se fosse um RSVP, para confirmar sua presença, só que aqui é virtual 😉. Assim, evitamos que outros incluam seu e-mail em listas que você não quer participar realmente.

 

Muito obrigada!

Um grande abraço e até o nosso próximo encontro 😉

Isabel Schittini  

 

Please reload

"Minha missão é descomplicar sua atuação como Farmacêutico em Farmácias e Drogarias."

Isabel Schittini

Novidades
Please reload

Você já faz parte?

Faça parte da minha Lista e receba Gratuitamente conteúdos, agenda de cursos, eventos e muito mais para descomplicar Sua atuação em Farmácias e Drogarias
CADASTRE-SE AQUI :
Seu e-mail está seguro. 100% Livre de spam
Posts Relacionados
Please reload

Minha missão é descomplicar sua atuação como Farmacêutico em Farmácias e Drogarias

FARMACÊUTICA

Consultora e Palestrante

CRF 6.889/RJ

isabel-schittini-4-farma-curso-consultoria-farmaceutica

HOME

SERVIÇOS

FAQ

CONTATO

TOPO

CNPJ 26.127.387/0001-35

Rio de Janeiro, Brasil 

55 (21) 99147-4181

© 2016-2019 Feito por Isabel Schittini. Todos os direitos reservados.

Criado orgulhosamente com Wix.com

  • facebook
  • instagram
  • twitter
  • whatsapp
  • linkedin
  • soundcloud